Cuidado com o peso dos seus bichinhos.


Os mimos na alimentação de animais, como dar carne ou pão, podem até agradar, mas muitas vezes resultam em ganho de peso. A obesidade em animais, apesar de não causar tanta preocupação nos tutores, pode acarretar sérios riscos à saúde do seu cão ou gato. Aliado às porcarias ingeridas, o fato de muitos ‘pais’ não levarem seus animais para passear nem brincar acaba deixando-os um pouco acima do peso, quando não, obesos.

O ganho de peso se dá, principalmente, por causa da diferença entre a quantidade de calorias consumidas e gastas. Se o animal se alimenta bem, mas não gasta energia, ele pode ficar gordinho. Também nos casos em que ele queima bastante gordura, mas come muitas guloseimas, os quilinhos a mais podem aparecer. Se só come besteiras e não se exercita, então é provável que ele se torne obeso.

Seu companheiro pode precisar se acostumar a comer ração diet e passeios para emagrecer - A obesidade pode trazer muitos problemas: diabetes, câncer, doenças de pele e menor expectativa de vida, além de problemas cardiovasculares, articulares e respiratórios. Apesar dos possíveis danos, muitos tutores acabam não reconhecendo o excesso de peso e não levam os animais ao veterinário.

ATIVIDADE FÍSICA PODE SALVAR O SEU CÃO

Os passeios diarios e as caminhadas com os animais não só auxiliam a perda de peso como desestressam o animal que não pode ficar permanentemente preso em casa ou apartamento.

Procure um DOG WALKER

Em Recife: Andrey Stok- ( 81) 3325.4485- 8882.4485
 
 

Cuidados com o Beija-flor.


QUASE NINGUÉM SABE ISSO.

É comum quando gostamos de pássaros, especialmente beija-flores, colocarmos-lhes água com açúcar nos bebedouros. Entretanto saibam que ISSO MATA O BICHINHO.

O açúcar em contato com a água forma um fungo que traz doença, semelhante ao câncer, no biquinho do beija- flor. A saída é comprar Thrill ou assemelhados, como o Néctar que é vendido nos supermercados e que já vêm adoçados sem adição de açúcar, garantindo, desta forma, a saúde do bichinho!
O pacote custa R$ 6,70 e dura 2 ou 3 semanas dependendo da quantidade de bebedouros que você tiver.

Além do mais você pode deixar a solução lá por 5 dias sem problemas, enquanto que a água com açúcar tem que ser trocada diariamente, e o bebedouro deve ser fervido e muito bem limpo para não matar o beija- flor.

O mais impressionante é que (quase) NINGUÉM SABE disso, então, por favor, divulguem a informação pois é muito triste sabermos que as pessoas que gostam de cuidar dos beija-flores podem acabar provocando suas mortes e nunca vão saber que eles morreram com o "veneno" que lhes demos com tanta boa vontade.

O Cão é reflexo do estado de espírito do dono.


Entrevista com Cesar Millan, estrela do seriado "O Encantador de Cães"

por CLAUDIO PRANDONI
Colaboração para o UOL Bichos

Recentemente estreou no canal pago Animal Planet a 3ª temporada da série “O Encantador de Cães”, estrelada por Cesar Millan, mexicano especialista em comportamento canino, notório por conseguir resolver uma ampla variedade de problemas, desde cães agressivos até outros marcados por traumas e manias diversas.

Em entrevista coletiva concedida por telefone, o especialista falou sobre a carreira, o programa na televisão e técnicas para entender os animais:

Como você se prepara para cada caso mostrado no programa?

Cesar Millan: Bom, a verdade é que nunca sei o que vai acontecer em cada caso. A produção só me diz que horas vamos gravar e os produtores mesmos é que assistem os vídeos e selecionam os cães para cuidar.

Prefiro não saber nada assim tenho a surpresa, quero experimentar o momento em que conheço o cachorro e ele conhece a mim. Isso é importante porque dessa forma eu avalio o presente, o que acontece naquele momento, e não o que foi gravado e enviado no vídeo. Assim eu consigo manter um relacionamento fresco e sincero. Um problema comum é que muitos de meus clientes vivem pensando no passado ou projetando o futuro e deste jeito eu consigo fazê-los pensar no agora, no presente.

Por outro lado, me preparo fisicamente, faço caminhadas todas as manhãs e sempre levo comigo um grupo de cinco ou seis dos meus cachorros para me ajudar. Não sei se o cão que vou cuidar está ansioso, nervoso ou o que seja, então levo um dos meus que vai me ajudar a definir isso.

Qual foi o caso mais difícil que você lidou?

Cesar Millan: Meus casos mais difíceis são sempre com as pessoas, não os animais. A pessoa demora a entender que precisa tratar o cão como animal e não como um ser humano.

O cão deseja apenas ser feliz, agir naturalmente e muitas vezes o obstáculo que o impede não é a agressividade, medo ou ansiedade, mas sim o fato de que o dono não quer que o cachorro seja um cachorro.

Você acredita que os animais se comunicam pela energia e que podem, de certa maneira, serem reflexos do estado de espírito de uma pessoa?

Cesar Millan: Claro, absolutamente. O cão expressa como você se sente, mas não por palavras. Se há tensão na casa o cachorro fica tenso, se há medo ele fica com receio e da mesma forma com sentimentos positivos. Mas ele não nasce sabendo isso, ele aprende na sua casa.

Por isso, quando vou à casa de uma pessoa sei que ela vai me contar uma história, que pode ser real ou não, mas o cachorro vai me contar a verdade.
Muitos treinadores concordam com você que é importante trabalhar a energia do animal. Porém, muitos são contra os seus métodos, consideram eles muits fortes e repressivos. Por exemplo, poucas vezes se vê no programa você premiando os cães com biscoitos ou coisa do tipo. O que você acha sobre isso?

Cesar Millan: O caso é que há diferentes formas de premiar um cachorro. Realmente é um costume premiar com um biscoito quando ele faz algo que desejamos.

O problema é que aqui na América os cães são estimulados exageradamente e assim não conseguem ter uma mente tranquila e relaxada. Por isso também é bom premiar com relaxamento e amor, sem a excitação. Não quer dizer que não se está fazendo algo de bom para o cachorro, mas sim que algo está sendo feito de forma pacífica. O cão sente sua energia, ele sabe que você está feliz por causa do que ele fez.

A maioria dos meus casos no programa envolve cães agressivos, hiperativos, nos quais premiar com empolgação pode ser um equívoco.

Recentemente ajudei uma professora de psicologia que tinha problemas para lidar com dois chihuahuas. Sabe qual era o problema? Carinho em excesso. Você pode desequilibrar totalmente um cão ao lhe dar muito afeto e torná-lo agressivo.

Por que você decidiu fazer programas de televisão?

Cesar Millan: Eu já tinha um comércio estabelecido no sul de Los Angeles, um lugar de poucos recursos. Mesmo assim chegavam a mim para cuidar cachorros de Beverly Hills, Bel Air, cachorros cheios de dinheiro, alguns até chegavam em limusines.

Essas pessoas começaram a falar bem do meu trabalho e logo começaram a chegar ligações de Nova Iorque, cartas do Canadá, Inglaterra, Irlanda, Escócia e outros lugares. Nunca fiz propaganda e ainda cobrava barato pelo serviço, mas com isso fui ganhando a confiança dos Estados Unidos.

Na época eu estava ilegal no país, mas tive a vantagem de então já ter como amiga Jada Pinkett Smith [atriz e esposa do ator Will Smith] que me recomendou aprender a falar inglês e me mandou uma professora para ensinar o idioma.

Meses depois fui entrevistado por uma pessoa do [jornal] Los Angeles Times que perguntou o que eu gostaria de fazer agora que já era amigo de diversas celebridades. Eu disse: "gostaria de ter um programa de televisão". A frase foi publicada em uma edição de domingo e na segunda já havia produtores querendo saber como seria o show.

O que você acha de centros estéticos e spas para cães e outros animais?

Cesar Millan: O melhor é que, obviamente, um cão balanceado, equilibrado, seja levado a um lugar desses, mas de maneira geral a experiência é mais para o ser humano. A pessoa é que está ganhando com isso - muitas vezes são pessoas que não levam o cachorro para passear ou algo do tipo e levando a um salão de beleza tiram um pouco do sentimento de culpa.

Eu corto pêlos de cachorros e sei como é importante a estética.

O cão se sente melhor e as pessoas ao redor vão preferir se relacionar com um cão limpo e bem cuidado.

Mas qualquer coisa além disso já não interessa ao cachorro.

Você teria esta paciencia?

video

BENEFÍCIOS DA CASTRAÇÃO EM CÃES E GATOS

O fato de que há uma superpopulação de animais domésticos perambulando pelas ruas é incontestável. Em qualquer lugar que andemos é notória a presença de cães e gatos sem lar.

Em busca de uma saída rápida para evitar danos à saúde pública, as autoridades recorrem a uma solução equivocada: o sacrifício dos animais recolhidos das ruas. Às vezes, estes animais têm saúde plena e são mortos pela falta de consciência por parte do poder público de que existem outros meios - menos sofridos e mais humanos - de prevenção. Essa prática arcaica dos Centros ou Departamentos de Controle de Zoonozes das cidades ignora os dados estatísticos que provam que o extermínio de cães e gatos não resolve o problema da superpopulação e não impede que outros nasçam.

Felinos se reproduzem de 3 em 3 meses, e o caninos de 6 em 6 meses.

Em seis anos, uma cadela e seus descendentes podem gerar cerca de 60.000 filhotes - estimativa que aumenta muito quando se trata de gatos.

Cães e gatos que vivem nas ruas são acometidos por doenças graves e fatais de suas espécies (que seriam evitadas pela vacinação adequada), passam fome e frio, sofrem ou causam atropelamentos e acidentes de carro.

Mesmo os domiciliados, quando saem às ruas para "dar uma voltinha", estão sujeitos aos mesmos perigos. Há doenças de cães e gatos que não são evitadas pelas vacinas e são difíceis e onerosas de cuidar, quando não são fatais.

Portanto, o lugar de cães e gatos não é nas ruas, é dentro de nossas casas: guardados, amados, cuidados e protegidos dos perigos.

ANTICONCEPCIONAIS NÃO!
Anticoncepcionais são os principais causadores do aparecimento de tumores e doenças como diabetes e infecção uterina.

QUADRO

FÊMEAS
PROCEDIMENTO: retirada dos ovários, tubas uterinas e útero
BENEFÍCIOS
- evita infecção uterina - Piometra, doença que atinge 60% das fêmeas
- se realizado antes do primeiro cio, diminui em até 95% as chances de tumor de mama
- evita gravidez indesejada, fugas de casa, e outros incomodos com o cio (como a "miação nervosa" das gatas)
- evita o abandono de crias inteiras, quando indesejadas

MACHOS
PROCEDIMENTO: retirada dos testículos.
BENEFÍCIOS
- evita brigas por disputa territorial
- evita/diminui demarcação com urina em todos os lugares da casa
- diminui muito o cheiro forte da urina dos gatos
- previne tumores de próstata, e consequentemente hérnias perineais
- evita que eles fujam de casa atrás de fêmeas no cio

AMBOS
- aumenta a expectativa de vida e diminui os riscos de doenças
- evita a "continuidade" de doenças hereditárias, tais como hérnias em geral, luxação de patela, displasia coxo-femural
- cães que saem à rua: por não cruzarem, evita as chances de adquirir TVT, tumor venéreo transmissível.

Quanto mais precocemente for feita a castração, maiores os benefícios.

 

Para usufruir de todos os benefícios, a cirurgia de castração pode e deve ser feita a partir dos 2 meses e antes dos 5 meses (antes do amadurecimento dos hormônios sexuais).
E pode ser feita em qualquer idade.
A cirurgia é feita com o animal sedado (anestesia geral).
O pré-operatório exige apenas algumas horas de jejum.
Os cuidados com o pós-operatório são essenciais para o sucesso da cirurgia. Deve-se dar os medicamentos prescritos pelo veterinário, além de seguir suas recomendações..
Quando mais precoce a cirurgia, mais rapidamente o animal se restabelece.

Senhor!
Venho te pedir pelo ser humano! Por aqueles que ainda não descobriram a nossa missão na Terra...
Venho te pedir por aqueles que nos maltratam, e que não sabem que estão jogando fora a oportunidade de exercitar conosco o carinho de que mais tarde irão precisar...
Venho te pedir por aqueles que nos abandonam nas ruas, em abrigos, em latas de lixo... Eles não sabem que estão plantando a semente do amanhã, e que mais tarde também irão sofrer o abandono na mão dos filhos, e que também irão amargurar em asilos...

Venho te pedir por aqueles que nos acorrentam, nos amarram, sem comida e sem água. Não sabem que um dia estarão sedento de amor, de carinho.

Venho te pedir, Senhor, por todos nós, seres de 2 ou 4 patas, que habitam este espaço terrestre.

Peço Senhor, que os humanos, possam finalmente aprender a grande lição que tentamos incansavelmente ensinar a todos eles: a do Amor incondicional, do Amor verdadeiro.

Olhe por todos nós Senhor!

Que assim seja!

Petts - Aplicativo para animais achados/perdidos ou adoção

 
Imagine se você se perdesse e não soubesse voltar para casa. E mais, nesta situação você está privado da fala e não pode pedir ajuda, telefonar, dizer que sente fome, frio ou medo. É assim que um animal se sente quando se perde do seu dono. E muitos jamais voltam para casa.

A Cappen acredita que todos os seres merecem um lar e é por isso que lançou o Petts, um aplicativo que proporciona o encontro entre os animais perdidos e quem os perdeu.

Através da geolocalização, é possível cadastrar o local em que o animal se perdeu ou fugiu. O usuário também cadastra as características do pet, sendo possível anexar uma foto para melhor identificação. Quando alguém encontrar um animal abandonado, é só checar se há gente procurando por ele. A busca pode ser feita de acordo com a localização (com a listagem dos animais que se perderam por aquela região) ou das informações físicas do bichinho.

Também é possível cadastrar animais que esperam por um dono no aplicativo. O Petts incentiva a adoção e é por isso que futuros donos podem encontrar o seu mais novo melhor amigo pelo aplicativo.

Por enquanto, o app só está disponível para iOS, mas é possível acompanhar os cadastros de animais através do site do projeto e da fan page.

Conheça o projeto: http://vimeo.com/51934338


 

O que já foi falado do projeto:







Nacional!!!!

ANDA » Agência de Notícias de Direitos Animais

Caso Boy

Cão deixado dentro de sacola para morrer precisa de uma nova chance

09 de janeiro de 2013 às 15:20


Dog Midia
dogmidia@terra.com.br

Foto: Divulgação
 
O cãozinho Boy, encontrado no inicio de dezembro dentro de uma sacola plástica em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, está se recuperando e esperando um novo e amável tutor.

Ele segue internado na clínica Animania, na Torre, com ajuda da mobilização nas redes sociais intitulada SOS BOY – abandonado dentro de uma sacola na rua. Ele se recupera bem, de acordo com o médico veterinário Gustavo Campos.

Já está castrado e agora espera por uma adoção ou lar temporário com urgência para sair da clinica, pois sua diária de permanência é de R$ 30,00, fora o tratamento.

Se alguém quiser ajudá-lo com recursos, segue conta bancária:
Banco do Brasil
Agência: 0721-8
C/C: 13826-6
CPF: 232.729.964-00.


O ideal é que Boy, que já sofreu tanto, seja acolhido com carinho por uma família que deseje um novo membro feliz e adorável É hora deste anjinho ter paz e ser feliz.

Contato: Clinica Animania – Fone: (81) 3226-9199

Desabafo de um Vira-Lata


"Não pense tão indiferente só porque eu não sou gente, só porque não sei falar, ou porque não sou de raça.
Também sou um ser vivente: sinto as dores que você sente, mas não posso me expressar, como vc se expressa.
Sou um bicho abandonado, pela vida maltratado, sempre escorraçado, até mesmo apedrejado!
Vivo sedento e faminto, ninguém quer saber o que sinto!
Se fico doente ou triste vejo logo um dedo em riste.

E vem a sentença fatal:
- Melhor matar este animal!
- Ele deve estar raivoso!
Para sua comodidade vive dizendo
inverdade, fazendo muita
maldade, seu mentiroso.

Mesmo que esteja raivoso
já foi descoberta a vacina.
Mas para a sua raiva humana,
ainda não existe remédio,
nenhuma medicação, com
toda sua evolução na história
da medicina!

Você mata o
próprio irmão,
faz guerras,
assalta, mata com
ou sem razão, às vezes por
ambição! É bem pior que eu, que
chamam de vira-lata!

Olhe bem para o meu semblante:

estou triste, apavorado, pois, a qualquer instante, posso ser sacrificado! Mas você não se importa nem com o seu semelhante!
- Você sim, está doente, egoísta, indiferente.
Mas se algo ruim lhe acontece, logo lembra que há Deus, chora, reza e faz prece...mas Deus só ajuda àquele que de todos se compadece.

Lembre-se do que escreveu São Francisco de Assis:

- Quem maltrata um animal, jamais poderá ser feliz, jamais! "

(autor desconhecido)

"A grandeza de uma nação e seu progresso moral podem ser julgados pelo modo como seus animais são tratados"
(Gandhi)

 
DOG MIDIA © 2011 | Designed by Agência Wai!